Diretora Técnica: Isabel Falcão

Coordenador das Disciplinas Olímpicas: 

Coordenador das Disciplinas não Olímpicas: Ricardo Lima

 

Tudo começou em 1936 quando George Nissen (1914 - 2010), ginasta americano, construiu o primeiro trampolim dobrável na sua garagem, em Cedar Rapids, Ohio.

 

Em 1964, a Federação Internacional de Trampolim (FIT) é estabelecida em Londres (GBR) e nesse ano ocorre o primeiro Campeonato do Mundo no  Royal Albert Hall, em Londres. Os norte americamos Judy Wills e Dan Millmann são os primeiros campeões mundiais.

 

Durante anos, o Trampolim foi alvo de várias propostas para a sua inclusão nos programas de Ginástica, mas por acharem ser pouco atraente ou simplesmente desconhecido, as propostas nunca tiveram um desfecho positivo.

 

Na sequência da decisão do Congresso da FIG em Vilamoura, Portugal em Maio 1998 e Congresso FIT em Sydney, a fusão das 2 federações FIT e FIG assumem-se, passando a Ginástica de Trampolins a fazer parte da FIG a 01 de Janeiro de 1999.

 

Com esta fusão, o Trampolim passa a fazer parte do programa dos Jogos Olímpicos de 2000.

 

Em 22 de setembro de 2000 às 20:40, 2 ginastas russos têm a honra de apresentar a primeira medalha olímpica na história do trampolim, Irina Karavaeva e Alexander Moskalenko, no meio de aplausos do público no Sydney Super Dome, observou … o próprio George Nissen!

 

A Ginástica de Trampolins consiste em quatro especialidades:

Trampolim individual

Trampolim Sincronizado

Duplo mini trampolim

Tumbling 

Consulte o Manual Técnico 2020-2021, Manual Técnico 2017-2020

Consulte o Manual das Seleções Nacionais

Próximas competições

TRA-Taça do Mundo de Coimbra-2021 25 de Junho, 2021 Coimbra

Ver agenda completa